Jan
16
O papel do estado no mundo de RPG: um comparativo

Resultado de imagem para Banksy

 

Com o avanço do primeiro draft do Testland, achei interessante trazer esse assunto à discussão, mais para fazer a comunidade pensar no papel do estado dentro dos mundos de jogo e, por consequencia, na nossa sociedade atual do que para defender um ponto ou outro.

Como base de comparação eu vou usar os dois títulos da série Marble Universes, 16 Toneladas e Testland, e a partir daí convidar os amigos da comunidade a colaborar com seus pontos e visões.

Estado Benevolente VS Estado Malevolente: outra forma de enxergar governos

Como a discussão entre esquerda e direita anda polarizada e virando um verdadeiro vetor para fake news e pessoas deixarem de conversar em prol da discussão e da acusação gratuita, decidi usar essa outra forma de ver governos e o papel do estado na vida das pessoas.

Vamos começar com 16 Toneladas, em que o governo é totalmente descentralizado (cada vila ou conjunto de vilas escolhe dentre os Sabujos aqueles que consideram mais capacitados para o papel de administrador).
Existe, porém, uma Constituição que é pétrea em todas as vilas, sendo uma das únicas formas de destituir um governo dentro de uma vila (alguns Sabujos corruptos são especialmente eficientes em conseguir oprimir as pessoas de suas vilas sem quebrar nenhuma regra da Constituição, mantendo-se, assim, amparados pela lei).

Existem prisões e trabalho forçado comunitário como forma de punição aos crimes diversos, e apenas a falsificação de dinheiro é crime capital punido pela morte, isso porque a confiança no sistema econômico é o que faz com que as possibilidades de auxilio social estejam disponíveis para as pessoas.

Alguns poderão dizer que o sistema de 16 toneladas é socialista, já que as minas são propriedade pública e não podem ser compradas, mas ao mesmo tempo não existe nenhum tipo de restrição quanto à livre iniciativa e o empreendedorismo, tanto que alguns estrangeiros estão trazendo fábricas para o País.  Como chamar isso? Sinceramente não consigo definir, e deixo isso na mão de vocês.

O que eu consigo definir é que o estado é benevolente com as pessoas, se importa de elas terem comida, abrigo e roupas para poderem então perseguir aquilo que quiserem, que pode ser a vida de liberdade e aventuras de um Fuligento, a carreira pública e estável de um Sabujo ou ainda as vidas relativamente tranquilas de trabalhadores, seja dentro de uma Vila Mineira ou em uma vila do Mundão.

Agora em Testland…

O primeiro ponto sobre o Estado em Testland é que ele é envolvido em mistérios. Muitos dizem que o ataque alienígena que criou o governo central e o Senado Terrestre, além do Sistema, algoritmo computadorizado que funciona basicamente regulando tudo na sociedade, desde o seu “salário” até o seu status, foi uma Farsa.

O sistema todo se sustenta na sombra do medo de que existirá um novo ataque alienígena, e apenas com todos trabalhando juntos e produzindo o máximo de progresso e riqueza eles serão capazes de repelir a ameaça. A colossal da maioria das pessoas está tão focada em crescer dentro do Sistema, em uma versão demoníaca de um grande jogo, que não percebe que existem incongruências muito grandes nesse discurso.

Como percebemos, a malevolência do mercado é incerta, embora pareça latente. O risco de desafiar o Estado é juntar-se aos excluídos da sociedade, em um mundo selvagem e sem tecnologia nenhuma (a não ser aquela que se é capaz de roubar) e se está condenado a viver entre os malucos e os incapazes (ou assim se fala dentro do Sistema).

Seria isso uma ditadura? “Correlacionável” com algo do nosso mundo? 1984 demais? As influências foram tantas que, para mim, como autor , é quase impossível dizer que foi “mais isso” e “menos aquilo”. A ideia veio com seu centro praticamente pronto, eu só dei uma decorada ao redor.

Uma dica aos mestres é definir muito claramente qual o papel do estado em suas histórias e, eventualmente, conversar com os seus jogadores sobre isso.

Se você quiser ler o 16 toneladas, ele tá de graça no Dungeonist: https://www.dungeonist.com/produto/16-toneladas/