May
03
Dino Wars: um pequeno passo para um designer

Nos últimos meses eu venho falando bastante do Dino Wars, por diversos motivos. Isso porque eu tenho a convicção de que esse jogo é uma vitória para a expansão do nosso hobby para além do nicho, usando uma possibilidade que pode ser boa não só para mim, mas para toda a comunidade de desenvolvimento.

Já explico porque, e quero explicar outros detalhes sobre esse lançamento, até para evitar conflitos dentro da comunidade que eu acho que vão ser um exercício de futilidade em muitos aspectos.

Vou começar sendo bem claro sobre um aspecto do Dino Wars: para quem ele NÃO foi feito.

Para quem o Dino Wars NÃO foi feito?

O Dino Wars não foi feito para o jogador avançado, que faz questão de mecânicas e dinâmicas super complexas e uma produção impecável, do mesmo padrão das empresas internacionais. Não é isso que desejamos oferecer e não é isso que você vai encontrar.

O Dino Wars é uma produção mais econômica, uma aposta ousada da Algazarra em produzir um jogo com mecânicas e dinâmicas modernas para ser vendido ao valor de um jogo de massa.

 

Nesse caso é importante salientar que não existe mágica no que fizemos: não somos os salvadores da pátria porque conseguimos fazer jogos de altíssima qualidade por muito menos que as outras editoras. Isso não é verdade e não existe.

O que aconteceu aqui é que escolhas foram feitas para chegarmos a esse resultado: detalhes estéticos e especialmente a qualidade da caixa foram sacrificadas em prol de um produto mais barato.

e ainda assim ficou bonitão e com um tabuleiro de qualidade

Então se para você o padrão internacional de boardgames é indispensável e algumas situações como cores de componentes diferentes e a qualidade inferior dos dados são imperdoáveis , o Dino Wars não é um produto para você.

Dito isso, vamos falar de duas coisas que eu considero a melhor parte desse lançamento: inclusão e precedente.

 

Inclusão e precedente: duas palavras de ordem neste lançamento

Quem já me conhece de mais tempo sabe que a popularização e democratização dos jogos modernos sempre foram bandeiras que eu ergui aqui, e esse jogo sendo vendido em uma média de R$60,00 (se ele fosse lançado dentro do nicho você ter certeza que ele custaria pelo menos o dobro, para mais) é uma senhora vitória nesse aspecto.

Nessa parte entra a Inclusão, porque estamos abrindo as portas de um nicho que sempre foi um tanto elitista, afinal os jogos são caros e na maioria das vezes não atendem famílias mais humildes, que não podem dispor de mais de 100 reais para dar um jogo aos filhos.

Enquanto isso, no outro lado, a indústria de brinquedos nacional vem sofrendo com a concorrência com as grandes marcas internacionais, que vem trazendo produtos cada vez mais competitivos (os chineses vencem no preço e os de grandes marcas como Hasbro vêm vencendo pela fama).

Em busca de um novo espaço no mercado, a Algazarra está apostando em um produto híbrido, que une mecânicas e dinâmicas modernas e o valor competitivo dos jogos de massa, e me coube, juntamente com o Jefferson Augusto, dar um corpo e um nome a esse produto.

Banguela de pelúcia dando aquele Photobomb de leve

O eventual sucesso do Dino Wars dentro do mercado vai, sem dúvida alguma, abrir um precedente extremamente interessante, que vai ser tão interessante para os game designers em geral quanto para a indústria de brinquedos e jogos no geral.

Mais indústrias vão desejar lançar jogos dentro desse nicho, então vão precisar de designers, que vão conseguir se dividir entre os jogos para as editoras do nicho e as indústrias, e quem sabe, até fazer disso uma fonte de renda mais respeitável!

A partir daí pode-se pensar em jogos sendo lançados dentro dos padrões do nicho em versões deluxe ou apenas pacotes de upgrade… As chances são infinitas!

Não sei vocês, mas eu quero muito essa visão de mercado para o futuro dos jogos no Brasil. Uma indústria mais acessível e lucrativa para todos, com crianças passando menos tempo na frente de telas e exercitando habilidades que podem ser muito interessantes para seu futuro como a capacidade de desenvolver estratégias e lidar com imprevistos e revezes.

Quer saber mais sobre o jogo e as minhas ideias? Segunda feira eu vou estar no Leite Night com informações exclusivas!